12 Ago Categorias: Blog, Novidades

Coquetéis: conheça as melhores bebidas

Coquetéis são bebidas que misturam duas ou mais bebidas em uma só, criando um drink novo. Geralmente são alcoólicos, mas existem muitas opções de coquetéis sem álcool. 

Um exemplo de coquetel bem conhecido no Brasil é a caipirinha, que mistura o suco de limão com a cachaça. O limão é cortado em fatias que são esmagadas, então é acrescentado muito gelo e a cachaça.  

Com isso, é possível criar bebidas doces, cítricas ou mais amargas. Conforme o gosto de cada um. E com a mixologia molecular é possível até mesmo criar bebidas sólidas! Sim, você não leu errado, essa mágica é real.  

 

Você sabe como os coquetéis surgiram? 

Ainda na idade média a prática de misturar bebidas já acontecia. Era comum adicionar o suco de frutas aos destilados, como forma de deixar as bebidas menos fortes. 

O amadurecimento dos coquetéis foi feito pelos ingleses, no século XIX. Mas, foram os estadunidenses que expandiram a ideia, durante a década de 20. 

Um fato engraçado foi que essa expansão ocorreu durante uma vigência de lei seca, assim, para disfarçar o cheiro e efeito da bebida, era misturava outras bebidas não alcoólicas. 

Inclusive, foi assim que surgiu o conhecido coquetel Bloody Mary, que é composto por vodka, molho inglês, suco de limão, tabasco, sal, pimenta-do-reino e suco de tomates. 

A criatividade humana é capaz de tudo, não é mesmo?  

Quais são os melhores coquetéis?

O conceito de melhor ou pior é muito relativo, pois muda de pessoa para pessoa, conforme o paladar e o gosto de cada um. 

O que podemos dizer é quais são os coquetéis mais conhecidos, fizemos uma listinha com os 5 mais conhecidos e quais bebidas formar cada um. Dá uma olhada:

– Piña Colada: esse conhecido drink é formado por rum, leite de coco e suco de abacaxi.

-Sex on the beach: é formado por vodka, licor, suco de laranja e groselha. Sendo uma bebida docinha mas também cítrica.

-Mojito: essa bebida é composta por suco de limão, rum, soda ou água com gás, folha de hortelã e açúcar. 

-Margarita: esse coquetel contém tequila, licor de laranja e suco de limão. 

-Dry martini: é feito com Vermouth, gin e limão. 

 

Deu para perceber que o limão não é somente apreciado na gastronomia, mas também na mixologia, sendo um coringa quando o assunto é o paladar. 

Você sabia que os coquetéis são divididos em categorias (tamanho e temperatura), modalidade (como é o modo de preparo) e classificação (grau etílico da bebida)? 

Isso mesmo, o universo de coquetéis vai além de apenas misturar bebidas. 

Há quem diga: “Bebo porque é líquido, se fosse sólido, comeria”, bem, isso também é possível com a mixologia molecular, o que leva a criação de coquetéis a outro nível. 

A mixologia é o estudo e criação de drinks, e somado a técnicas moleculares, permite a criação de drinks sólidos, com sabores e aromas intensificados, com aquela mágica de sair fumaça do drink, e até mesmo de criar coquetéis que brilham no escuro.

Quer sair da rotina e provar coquetéis únicos e fora do comum? 

Então faça a sua reserva no Poco Tapas. Além de bebidas extraordinárias você provará um jantar molecular com 8 pratos salgados e 4 sobremesas. 

Nos chama no WhatsApp: (41) 99682-8758

Whatsapp
×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?